Última hora
This content is not available in your region

Donald Trump declara estado de emergência nos Estados Unidos

euronews_icons_loading
Donald Trump declara estado de emergência nos Estados Unidos
Direitos de autor  J. Scott Applewhite/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump declara o estado de emergência nacional nos Estados Unidos. A medida permite mobilizar meios excecionais e recursos financeiros para fazer face à pandemia.

A presidente Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, também anunciou um acordo com o governo Trump, para desbloquear uma pacote ajuda que pretende salvaguardar os cidadãos norte-americanos: "Pensámos que seria importante mostrar e garantir ao povo americano que estamos dispostos e somos capazes de trabalhar em conjunto, para resolver a situção. Por isso, agradecemos aos nossos republicanos, aos que vão apoiar o projeto."

Em conferência de imprensa, Donald Trump negou qualquer responsabilidade pelos atrasos no programa de testes para o novo vírus, em território norte-americano. "Não assumo a responsabilidade pelos atrasos no programa de testes, porque tivemos de lidar com todo um conjunto de circunstâncias e recebemos diretivas, regulamentos e especificações de uma outra altura. Não foi feito para este tipo de acontecimento, com os números que conhecemos...", disse Trump.

A disseminação do vírus agitou os mercados e está a condicionar a vida e os hábitos dos cidadãos a nível mundial. O pacote de ajuda financeira que entrará em vigor nos Estados Unidos inclui testes gratuitos, duas semanas de baixa médica para os trabalhadores, aumento do subsídio do desemprego e programas alimentares reforçados.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.