Última hora
This content is not available in your region

China regista zero infeções em 24 horas

euronews_icons_loading
China regista zero infeções em 24 horas
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez desde o início do surto, a China, país onde nasceu a Covid-19 e até agora o mais infetado, registou zero novos casos em 24 horas.

Foi como heróis e sob uma maré de aplausos que a equipa médica deslocada de Tianjin, no Nordeste da China, deixou Wuhan, cidade que foi considerada o epicentro da epidemia e onde a primeira infeção terá ocorrido.

Jiao Yahui, vice-diretora da Administração Médica Nacional, disse ao grupo de médicos que "é preciso descansarem à chegada a casa, mas a missão ainda não terminou"

Wuhan e a província de Hubei são, até agora, a zona do globo mais castigada pela Coivid 19, com um total de 67.800 infeções e mais de 3000 mortes.

As zero infeções em 24 horas são um sinal positivo que prova que é possível travar a progressão das infeções e inverter a curva, graças a políticas eficazes de contenção, um cenário que todos esperam que se venha a repetir na Europa, embora isso não deva acontecer tão cedo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.