Última hora
This content is not available in your region

Covid-19: Itália com menos mortos em 24 horas

euronews_icons_loading
Covid-19: Itália com menos mortos em 24 horas
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo segundo dia consecutivo, o número de mortos em Itália por covid-19 regrediu. O país registou 601 fatalidades em 24 horas, aumentando para 6077 o número de mortos. Há mais de 50 mil infetados.

Nem assim, alguns italianos ficam em casa. Os autarcas estão indignados.

O presidente da Câmara Municipal de Campania, Vincenzo De Luca, conta:

"Recebi notícias de que alguns gostariam de fazer as festas de licenciatura. Vamos enviar a polícia com lança-chamas."

"Eu sou o presidente da câmara. Não vai "passear" na minha cidade. Não posso bani-lo formalmente por sair de sua casa? Tudo bem. Vou proibi-lo de pisar em solo público. Se não for para necessidades comprovadas", assegura o autarca de Mesina, Cateno De Luca.

Já o presidente da Câmara Municipal de Lecera, Antonio Tutolo, questiona:

"Entrar em cabeleireiros móveis? Mas que coisa essa? "

"Vi um munícipe a correr amigavelmente para cima e para baixo na rua, acompanhado por um cão que estava visivelmente desgastado. Parei e disse-lhe: Isto não é um filme. Você não é Will Smith em "Eu sou a lenda". Você tem de ir para casa", conta o autarca de Reggio Calabria, Giuseppe Falcomatà.

Este fim de semana, o Governo de Giuseppe Conte endureceu as medidas restritivas. Por exemplo, na zona da Lombardia, é proibido fazer desporto nas ruas e as multas vão até aos cinco mil euros

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.