Última hora
This content is not available in your region

Covid-19 faz 6,6 milhões de desempregados nos EUA em uma semana

euronews_icons_loading
Covid-19 faz 6,6 milhões de desempregados nos EUA em uma semana
Direitos de autor  Mark Lennihan/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Em apenas 24 horas, morreram 1783 pessoas nos Estados Unidos da América (EUA), com covid-19. O surto tem sobrelotado cemitérios e hospitais, mas está também a deixar os centros de emprego sem mãos a medir.

Nas últimas três semanas, um em cada 10 norte-americanos ficou desempregado. Só na semana passada, 6,6 milhões de pessoas inscreveram-se para o subsídio de desemprego. Os economistas preveem que, este mês, 20 milhões de pessoas percam o emprego no país.

Mas os números parecem não assustar Donald Trump. Em conferência de imprensa, o presidente dos EUA disse acreditar no bom desempenho da economia. "É a minha convicção. E é uma forte convicção. Tenho tido boas convicções sobre uma série de coisas, ao longo dos anos e acho que vamos ficar bem. Parece que estamos no ponto mais inferior da curva em termos de mortes, que é uma palavra terrível, uma palavra sombria que temos experimentado como ninguém jamais tinha visto neste país", afirmou o chefe de Estado

No final do mês passado, Senado e Casa Branca chegaram a acordo sobre um pacote de quase dois biliões de euros para estimular a economia e evitar uma recessão a curto prazo. Dessa verba, o equivalente a mais de 90 mil milhões de euros vai ser canalizado para a indústria hospitalar.