Última hora
This content is not available in your region

Bolsonaro demite ministro da Saúde em plena crise de covid-19

Luiz Henrique Mandetta
Luiz Henrique Mandetta   -   Direitos de autor  EVARISTO SA/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

O ministro brasileiro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou hoje que foi demitido pelo Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em plena pandemia de covid-19 no país.

O anúncio chegou pela conta do ministro na rede social Twitter.

"Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde. Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar", escreveu o ex-titular da pasta da Saúde.

As divergências com o chefe de Estado eram já conhecidas há semanas. Mandetta defendia a implementação de medidas de restrição e confinamento da população para conter a evolução da pandemia, enquanto Bolsonaro se opunha e dava prioridade à continuação da atividade económica normal.

Luiz Henrique Mandetta agradeceu ainda à equipa que trabalhou consigo no ministério e desejou "êxito" ao seu sucessor no cargo.