Última hora
This content is not available in your region

Barnier acusa Reino Unido de falta de empenho no pós-Brexit

euronews_icons_loading
Barnier acusa Reino Unido de falta de empenho no pós-Brexit
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O negociador-chefe da União Europeia para o Reino Unido, Michel Barnier, acusa o governo de Londres de falta de empenho no processo pós-Brexit.

No final da segunda ronda negocial sobre a futura relação entre as duas partes, por videoconferência, esta sexta-feira, Barnier mostrou a sua desilusão: "Não podemos aceitar progredir seletivamente, focando apenas num conjunto limitado de questões", disse numa conferência de imprensa, em Bruxelas.

"Precisamos de progredir em todas as questões em paralelo. Precisamos de encontrar soluções para os tópicos mais difíceis. O Reino Unido não pode recusar-se a pedir um prolongamento da negociação e, simultaneamente, desacelerar as discussões sobre áreas importantes", acrescentou.

A correspondente da euronews, Shona Murray, acompanhou os detalhes da negociação e realça que "Michel Barnier acusa o Reino Unido de não se empenhar em questões de grande peso na futura relação da UE com o Reino Unido, nomeadamente a da pesca, que deveria ser concluída até julho".

"Barnier disse, também, que há pouco empenho nos critérios de concorrência leal, com o Reino Unido a não avançar com propostas concretas. O Reino Unido disse que não vai pedir prolongamento do atual período de transição pós-Bbrexit, o que significa que todas as negociações devem estar concluídas até 31 de dezembro. Outra crítica feita por parte de altos funcionários comunitarios é que o Reino Unido apenas se concentra na forma de manter o acesso ao mercado interno e não se compromete com um quadro de relacionamento futuro mais geral", concluiu a correspondente.