Última hora
This content is not available in your region

Espanha começa "fase zero" do desconfinamento

euronews_icons_loading
Espanha começa "fase zero" do desconfinamento
Direitos de autor  Free
Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez depois de 48 dias fechados, os espanhóis puderam sair à rua para fazer pequenos passeios ou exercício e são muitos aqueles que, a pé ou de bicicleta, podem agora ser vistos nas rua das cidades espanholas a praticar desporto ou simplesmente a apanhar ar. Alguns restaurantes passam também a estar abertos.

Diz o presidente do governo, Pedro Sánchez: "A fase zero inclui, como sabem, medidas de alívio que entraram em vigor como as saídas de crianças, os passeios e exercício físico na rua e uma abertura, muito limitada de alguns estabelecimentos que entrará em vigor esta segunda-feira. A primeira dessas medidas é a obrigatoriedade, a partir de segunda-feira quatro de maio, do uso de máscaras nos transportes públicos".

Estas medidas de alívio são bem vistas, sobretudo pelos mais velhos, até porque a saída das pessoas à rua está agora sujeita a horários consoante as idades, isto nos municípios com mais de cinco mil habitantes. Mesmo se antes só as crianças estavam autorizadas a passear, acompanhadas por adultos, como diz Joan, reformado de 75 anos: "É bom porque no domingo não havia estas medidas e a certa altura formou-se uma multidão. Assim, agora não há crianças, daqui a pouco vão poder sair. É bom para eles e para todos".

Os dados divulgados este sábado pelo ministério da Saúde espanhol confirmam a tendência para a descida nos números. Morreram, nas últimas 24 horas, 276 pessoas vítimas de Covid-19, para um total que é já de 25.100 vítimas. O número de pessoas infetadas pelo vírus subiu em 1147, o menor aumento desde o início da epidemia.