Última hora
This content is not available in your region

Confissão dentro dos carros

euronews_icons_loading
Confissão dentro dos carros
Direitos de autor  EBU/EVN
Tamanho do texto Aa Aa

As missas são proibidas mas a vida em confinamento não significa o fim de todos os sacramentos.

Seguindo o modelo dos restaurantes de comida rápida que entregam comida aos condutores, a comunidade católica de Limoges criou uma forma diferente de confissão: os crentes confessam os pecados dentro dos carros.

A iniciativa é inédita em França mas já é conhecida em outros países

O padre David de Lestapis lembra o exemplo da Polónia e dos Estados Unidos que, no início dos confinamentos, criaram locais de confissão em parques de estacionamento. Conta que depois de refletirem sobre o assunto, especialmente durante e depois do período da Páscoa, os padres de Limoges decidiram seguir o exemplo e utilizar o espaço de um parque de estacionamento da igreja.

O local de confissão está disponível todos os sábados durante duas horas.

A ideia parece agradar aos fiéis que falam em mais liberdade, no facto de continuar a ser cumprido o distanciamento social e que elogiam a capacidade de adaptação da igreja.

Esta ideia original pode ajudar a comunidade católica a esperar pelo regresso das missas, o que em França não vai acontecer antes do dia 2 de junho.