Última hora
This content is not available in your region

Conselho da República pede equilíbrio para novo estado de emergência

João Lourenço, Presidente de Angola
João Lourenço, Presidente de Angola   -   Direitos de autor  ANDREW CABALLERO-REYNOLDS/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

A renovação do estado de emergência devido à pandemia de covid-19 em Angola mereceu hoje um parecer favorável do Conselho da República, mas o organismo alertou para a necessidade de um maior “equilíbrio entre o confinamento social e a situação de fome”.

No comunicado final divulgado após a reunião com o Presidente João Lourenço, o Conselho da República considerou que aumentou o risco de propagação da doença no país, “tendo em conta o surgimento de casos de transmissão local”, e recomendou “a prorrogação do estado de emergência”.

Os conselheiros pediram, no entanto, mais atenção para as dificuldades que as medidas restritivas estão a colocar a muitas famílias, apelando a “uma situação de equilíbrio entre o confinamento social e a fome” e melhoria da capacidade de distribuição de água às populações.

O país regista até ao momento 36 casos de infeção e duas mortes relacionadas com o novo coronavírus, desde que este foi detetado em dezembro, na cidade chinesa de Wuhan.