Última hora
This content is not available in your region

Indústria do queijo sofre com a epidemia

euronews_icons_loading
Indústria do queijo sofre com a epidemia
Direitos de autor  Christophe Ena/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Um dos produtos nacionais de que a França tem mais orgulho é o queijo. O país tem centenas de variedades, muitas delas produzidas artesanalmente a partir de leite cru, 45 delas com Denominação de Origem Controlada (DOC), que fazem dos queijos do país um tesouro conhecido em todo o mundo. Mas, devido ao confinamento e ao fecho os restaurantes e lojas especializadas, o setor está a ser duramente atingido.

Diz Michel Lacoste, presidente do Conselho Nacional de Denominações de Origem Controlada de Laticínios: "A queda foi de mais de 60 por cento, chegando aos 70 a 100 por cento para vários produtores que têm agora o negócio em risco".

A crise atinge a indústria de laticínios em todo o mundo, em especial na Europa. Só em França, segundo , os produtores podem ter de deitar para o lixo cinco mil toneladas de queijo. O prejuízo, para a duração prevista do período de confinamento, está estimado em 157 milhões de euros para os queijos DOC.

A Comissão Europeia ofereceu ajuda para armazenar os excedentes de produção, nomeadamente de manteiga e de leite em pó, mas muitos produtores pedem antes subsídios que lhes permitam reduzir a produção e, ao mesmo tempo, evitar uma forte subida nos preços.