Hungria encerra centros de trânsito para migrantes

Hungria encerra centros de trânsito para migrantes
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Budapeste acatou uma decisão do Tribunal Europeu de Justiça e vai encerrar os centros de trânsito de migrantes ao longo da fronteira sul do país.

PUBLICIDADE

A Hungria acatou a decisão do tribunal europeu de justiça e vai encerrar os centros de trânsito de migrantes nas fronteiras do sul do país. O governo diz não ter outra opção em acabar com um sistema que, sublinha, protegeu o país.

"O governo húngaro discorda do veredicto, consideramos ser um risco para a segurança da Europa mas como membro da União Europeia, obviamente, nós acatamos todas as decisões judiciais", declarou Gergely Gulyás, ministro do gabinete do primeiro-ministro.

Cerca de 280 estrangeiros estavam retidos nestes centro de trânsito enquanto aguardavam pelos recursos à rejeição dos pedidos de asilo solicitados ao governo húngaro.

Vão ser transferidos para centro de acolhimento. A partir de agora, os pedidos de asilo para a Hungria apenas poderão ser submetidos nas embaixadas e nos consulados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Governo húngaro paga indemnização a antigos alunos romani

Tribunal da UE considera ilegal lei húngara sobre ONG

Autoridades das Canárias receiam chegada de migrantes durante a pandemia