Última hora
This content is not available in your region

Grécia reabre cafés e restaurantes

euronews_icons_loading
Grécia reabre cafés e restaurantes
Direitos de autor  Petros Giannakouris/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia reiniciou os serviços regulares de "ferries" que ligam as ilhas ao continente, que estavam suspensos desde março devido à Covid-19.

As embarcações voltam, assim, ao mar, mas poderão apenas circular com um número reduzido de passageiros, cerca de 55% da capacidade máxima das cabinas.

O comissário de bordo, Ilias Skaltsas conta que agora verificam a temperatura de cada passageiro à entrada e se algum tiver temperatura elevada "simplesmente não embarca no navio".

O uso de máscaras a bordo é obrigatório, tanto para passageiros como tripulantes, mesmo nos conveses exteriores.

O capitão Michalis Lignos sublinha que "É certamente algo único a época de Verão começar desta forma, mas tem de ser feito pelo menos por agora, de modo a avançar, como se costuma dizer, para um levantamento total das medidas. Com a cooperação dos passageiros, as dificuldades serão ultrapassadas".

"Os gregos têm agora a possibilidade de visitar novamente as ilhas. Podem fazê-lo, para visitar a família, os amigos e até preparar os seus negócios turísticos. Ao mesmo tempo, os cafés, bares e restaurantes estão novamente abertos ao público", relata o jornalista da euronews Ioannis Karagiorgas.

As explanadas voltam a receber clientes, agora em menor número devido às medidas de distanciamento entre as mesas.

Após dois meses com as portas fechadas, os empresários da restauração mostram-se satisfeitos com a reabertura.

"Esta manhã, para mim, foi como abrir o meu negócio pela primeira vez. Foi muito estranho. Fizemos todos os preparativos antes, de modo a permitir que o café funcionasse com todas as novas medidas, o que teve um certo processo, mas tínhamos de o fazer e fizemo-lo. Agora, estamos novamente abertos", afirma o empresário da restauração Ioannis Vasdekis.

Nos restaurantes e cafés, os empregados estão obrigados a usar máscaras ou viseiras de proteção e os clientes prometem cumprir, também, todas as medidas de higiene e distanciamento.