Solidariedade em vários países em torno da morte de George Floyd

Access to the comments Comentários
De  euronews
Solidariedade em vários países em torno da morte de George Floyd
Direitos de autor  Alexandra Wey/AP

A morte de George Floyd, durante uma detenção violenta, reabriu as feridas do racismo nos Estados Unidos e deu origem a manifestações de solidariedade em vários países.

Na Suiça, aproximadamente mil pessoas participaram numa marcha pelo centro da cidade de Zurique, contra o racismo e contra a violência policial, numa demonstração solidária para com as manifestações norte-americanos e em defesa dos cidadãos de raça negra.

Um movimento não autorizado, mas pacífico e sem intervenção da polícia que girou em torno do slogan, "Black Lives Matter".

Berlim juntou-se à causa nesta segunda feira e os manifestantes reuniram-se para uma vigília silenciosa em frente à embaixada dos Estados Unidos, ao lado do Portão de Brandenburgo.

"Acredito que os problemas nos Estados Unidos, não têm nada a ver com alguns maus elementos, trata-se de um problema institucional que deve ser resolvido" - disse um dos manifestantes presente em Berlim.

O mesmo cenário na capital irlandesa. Dublin, solidária, uniu-se ao movimento contra o racismo norte-americano "Black Lives Matter", após a morte de George Floyd nas mãos da polícia, em Minneapolis, na semana passada.