EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Alemanha abre as portas aos trabalhadores sazonais

Alemanha abre as portas aos trabalhadores sazonais
Direitos de autor Markus Schreiber/ Associated Press
Direitos de autor Markus Schreiber/ Associated Press
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pandemia trouxe um problema de mão-de-obra para o país

PUBLICIDADE

Na Alemanha, as restrições à entrada de trabalhadores agrícolas sazonais que chegam da União Europeia deixam de ter efeito a partir da próxma terça-feira, dia 16 de junho.

Segundo a informação avançada pelo Ministério Federal da Agricultura, os trabalhadores de países terceiros vão voltar a seguir as normas de entrada que existiam antes da pandemia e devem garantir o cumprimento de regras de higiene rigorosas: manter a distância tanto quanto possível e integrar grupos que não têm contacto. Em caso de doença, todo o grupo terá de ser isolado.

Estes trabalhadores foram afetados pela proibição de viajar para a Alemanha por causa do coronavírus, uma situação que deixou o país com um problema grave de falta de mão-de-obra. No ano passado, cerca de 300 mil pessoas foram contratadas para trabalhar nos campos agrícolas alemães.

A maioria dos trabalhadores sazonais chega da Europa de leste, de países como a Roménia, Bulgária, Ucrânia e Hungria, onde os salários são muito inferiores aos da Alemanha, a maior economia da Europa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Trabalhadores sazonais violam distanciamento social na Roménia

Maximilian Krah expulso: AfD nomeia novo chefe da delegação do Parlamento Europeu

Alemanha prepara-se para "todas as ameaças possíveis" durante o Euro 2024