Última hora
This content is not available in your region

Protestos violentos no Líbano

euronews_icons_loading
Protestos violentos no Líbano
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Os protestos contra o governo no Líbano subiram de tom, impulsionados por uma queda a pique na cotação da moeda local, a libra libanesa, que perdeu 70% do valor desde outubro. Esta desvalorização está a causar uma crise económica sem precedentes no país.

Os protestos começaram no ano passado, contra o governo então liderado por Saad Hariri. O país esteve depois um grande período sem governo, o que fez aumentar os protestos e a nomeação do novo executivo, liderado por Hassan Diab não acalmou os ânimos.

Na capital Beirute ou na cidade de Trípoli, no norte, as manifestações degeneraram em confrontos com a polícia e com os militares. O país está a conhecer um recrudescimento dos protestos e da violência, depois da paragem motivada pela epidemia de Covid-19.