EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Protestos violentos no Líbano

Protestos violentos no Líbano
Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Beirute e Trípoli foram palco de confrontos com a polícia e com militares. A queda abrupta da moeda nacional agravou a crise económica.

PUBLICIDADE

Os protestos contra o governo no Líbano subiram de tom, impulsionados por uma queda a pique na cotação da moeda local, a libra libanesa, que perdeu 70% do valor desde outubro. Esta desvalorização está a causar uma crise económica sem precedentes no país.

Os protestos começaram no ano passado, contra o governo então liderado por Saad Hariri. O país esteve depois um grande período sem governo, o que fez aumentar os protestos e a nomeação do novo executivo, liderado por Hassan Diab não acalmou os ânimos.

Na capital Beirute ou na cidade de Trípoli, no norte, as manifestações degeneraram em confrontos com a polícia e com os militares. O país está a conhecer um recrudescimento dos protestos e da violência, depois da paragem motivada pela epidemia de Covid-19.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Várias explosões abalam Beirute (em atualização)

Carro de ministro libanês atingido por disparos

Três anos após explosão no porto de Beirute, ainda não há responsáveis