Última hora
This content is not available in your region

Suécia ultrapassa cinco mil mortes por covid-19

euronews_icons_loading
Suécia ultrapassa cinco mil mortes por covid-19
Direitos de autor  Cecilia Fabiano/LaPresse
Tamanho do texto Aa Aa

A Suécia ultrapassou, esta quarta-feira, a barreira dos cinco mil mortos por covid-19.

De acordo com o último balanço das autoridades, nas últimas 24 horas foram contabilizados 102 óbitos pelo novo coronavírus, elevando o total para 5041 mortos. Há mais de 54.560 casos confirmados.

O Reino escandinavo, com pouco mais de 10 milhões de habitantes, é hoje um dos países mais afetados pela pandemia, com 499,1 mortos por milhão de habitantes.

O Governo sueco adotou medidas mais flexíveis para conter a pandemia da covid-19, apostando numa estratégia de imunidade de grupo.

Com uma política diferente, Portugal viu esta quarta-feira o número total de mortos subir para 1523, mais um do que no dia anterior. De acordo com os dados da Direção Geral de Saúde, o número de casos confirmados de covid-19 ultrapassa os 37.670, mais 336 do que na terça-feira.

Têm-se registado pequenos surtos em vários pontos do país. Um dos focos é agora o Instituto Português de Oncologia, em Lisboa, com 12 doentes internados e oito profissionais de saúde diagnosticados com o novo coronavírus.

Quanto o Itália, o país europeu mais afetado pela pandemia, registou 43 mortes nas últimas 24 horas. O país contabiliza cerca de 34.500 vítimas mortais e as autoridades italianas admitiriam que o número de infeções subiu, esta quarta-feira, em relação aos três dias anteriores.

A região da Lombardia, onde o surto foi identificado pela primeira vez, continua a ser a mais afetada das 20 regiões italianas.