Última hora
This content is not available in your region

Uma viagem no mar Egeu

euronews_icons_loading
Uma viagem no mar Egeu
Direitos de autor  Dimitri Messinis/AP
Tamanho do texto Aa Aa

A gestão do desconfinamento, coloca desafios importantes às empresas de cada país.

Na Grécia, fortemente dependente do Turismo, os passeios marítimos entre ilhas foram restabelecidos a 25 de maio mas só a reabertura de fronteiras, a 15 de junho, permitiu o relançamento destas viagens.

Mas se no ano passado um passeio como este, até Paros, significaria lotação esgotada, ou quase, especialmente ao fim de semana agora não, como explica o capitão do "Blue Star Delos":

"Os números têm vindo a cair desde a última temporada nas viagens entre as ilhas". Portanto, a obrigatoriedade de não ultrapassar 65 por cento da capacidade de cada barco, imposta pelas autoridades gregas, não é, para já, um problema.

No embarque, os passageiros são obrigados a preencher uma ficha com informações detalhadas para fins de rastreio. O documento deve ser guardado nos arquivos da empresa durante 14 dias.

As cabinas são desinfetadas regularmente e só podem levar até duas pessoas ou até quatro se se tratar de uma família.

"Se um passageiro apresentar sintomas suspeitos é ativado um protocolo especial. Ele é isolado numa cabina especialmente preparada para o efeito até o navio chegar ao porto, onde as autoridades locais se ocuparão do caso", explica um dos correspondentes da euronews, na Grécia, Panos Kitsikopoulos.

Os lugares onde as pessoas se sentam estão definidos e, enquanto se estiver a bordo, mesmo no convés, é obrigatório o uso de máscara. Nos bares do navio pede-se que se mantenha um metro e meio de distância, entre as pessoas a quem se pede que paguem, preferencialmente, com cartão em vez de dinheiro.

Há vigilância e apoio no que diz respeito ao cumprimento das regras. Mas isso não evita algum desconforto. Um funcionário explica que "a ansiedade é grande, mas a responsabilidade pessoal e as medidas" que estão a tomar, em relação aos clientes e colegas, estão a manter todas as pessoas seguras.

A viagem decorreu sem incidentes, como explica o correspondente da euronews, só foi preciso seguir as regras - colocar uma máscara e manter o distanciamento social - para se manter seguro.