Covid-19: Países europeus recuam no desconfinamento com aparecimeno de novos casos

Covid-19: Países europeus recuam no desconfinamento com aparecimeno de novos casos
Direitos de autor INA FASSBENDER/AFP or licensors
Direitos de autor INA FASSBENDER/AFP or licensors
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Não só Portugal decidiu 'dar um passo atrás", também a Alemanha decidiu colocar uma zona em cerca sanitária depois de 175 trabalhadores de uma fábrica testarem positivo para coronavírus

PUBLICIDADE

Vários países europeus registam um aumento do número de novos casos de covid-19, o que está a fazer com que muitos governos recuem nas medidas de desconfinamento.

Em Espanha, o governo abriu as fronteiras e, no dia seguinte, foi obrigado a colocar vários distritos da região de Aragão em cerca sanitária devido a novos surtos, ligados a uma empresa de produção agrícola.

Na Alemanha, um foco de infeção numa fábrica de produção de carne levou a que o governo aplicasse novas medidas para combater a doença, uma delas, cerca sanitária onde vários dos trabalhadores dessa empresa vivem.

Também no País de Gales a hipótese de 'dar um passo atrás' no desconfinamento está em cima da mesa depois de 175 trabalhadores de uma empresa terem testado positivo para coronavírus; hipótese que já foi adotada por Portugal, que, nos últimos dias viu surgir um aumento de novos casos de infeção, muitos deles ligados a festas privadas ilegais.

O primeiro-ministro português recuou no desconfinanento em vários concelhos, um deles, Lisboa. Quem não cumprir arrisca ser punido até um ano de prisão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Público volta aos estádios na Dinamarca

Europa cria aliança para investigar covid-19

Nicolas Schmit: europeias de 2024 são "uma escolha de rumo"