Lenine instala-se em cidade alemã

Lenine instala-se em cidade alemã
Direitos de autor ZDF
De  Nara Madeira com AFP, Eurovision
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Partido Marxista-Leninista alem´ão inaugura estátua de Lenine, na cidade de Gelsenkirchen, contra vontade de uma parte da população.

PUBLICIDADE

Enquanto pelo mundo se deitam a baixo estátuas, por motivos vários, na cidade alemã de Gelsenkirchen acaba de ser inaugurada uma, de dois metros e meio de altura, em homenagem a Lenine. Uma iniciativa do pequeno Partido Marxista-Leninista alemão.

A estátua, construída em 1957 na então Checoslováquia, não agrada a todos. O presidente da câmara, Frank Baranowski diz que numa altura em que muitas cidades estão a pôr em causa este tipo de monumentos na sua resolveram colocar num pedestal um "déspota", um "ditador". Acrescenta que, obviamente, nem todos estão contentes com a iniciativa e não querem aceitá-la.

A líder do referido partido, Gabi Fechner, discorda e diz que Lenine defendeu os "ideais do movimento operário pelos quais é preciso continuar a lutar, ainda que seja uma luta difícil".

Descontente está também a extrema-direita alemã mas nas ruas as opiniões dividem-se. Há quem não goste do monumento apenas porque ele é horrível e não pertence à cidade. Há quem diga que se "isso os faz felizes, que os deixem" ficar com ele.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Finlândia retira última estátua de Lenin exposta em público

Reconstituição histórica do cerco a Leninegrado

Rússia assinala 75° aniversário do Cerco de Leninegrado com parada militar