Última hora
This content is not available in your region

Recuperação económica pós-Covid deve ser "sustentável"

euronews_icons_loading
Recuperação económica pós-Covid deve ser "sustentável"
Direitos de autor  EBS
Tamanho do texto Aa Aa

A recuperação económica pós-Covid deve ser "sustentável" e "verde": esta é a mensagem da Agência Internacional de Energia, que organiza a 9 de julho uma cimeira "online" que vai reunir as maiores economias do mundo e países em desenvolvimento. Os participantes representam 80 por cento das emissões poluentes no planeta.

Um encontro particularmente importante, já que a pandemia levou ao adiamento para 2021 da COP26 organizada pelas Nações Unidas e a cimeira virtual será, assim, o único grande palco de debate da crise climática este ano.

Na antecâmara do encontro, a Agência Internacional de Energia publicou um relatório que apela aos governos para investirem numa recuperação que aposte nas energias verdes, afirmando que poderão criar assim milhões de empregos para substituir os que foram perdidos com a pandemia.

A agência alerta que uma recuperação sustentável pós-Covid é essencial para evitar uma repetição do cenário vivido com crise financeira de 2008, quando as emissões poluentes cairam fortemente durante a recessão, mas regressaram rapidamente a níveis muito superiores no relançamento posterior das economias mundiais.

A cimeira de 9 de julho contará com a presença dos Estados Unidos e da China, entre outros, e a chave para o sucesso é levar os governos a comprometer-se com planos de recuperação "verde", mesmo aqueles que têm uma postura bastante cética acerca da urgência do combate contra as alterações climáticas.