Última hora
This content is not available in your region

Erdogan decreta conversão de Hagia Sophia em mesquita

euronews_icons_loading
A antiga Catedral de Constantinopla foi construída no século VI
A antiga Catedral de Constantinopla foi construída no século VI   -   Direitos de autor  Emrah Gurel/Associated Press
Tamanho do texto Aa Aa

Começou por ser uma catedral bizantina, foi convertida em mesquita no tempo do Império Otomano e tornou-se depois um museu, património mundial da Humanidade da UNESCO.

Hagia Sophia voltou esta sexta-feira à condição de local de culto do Islão, numa decisão que reverte 86 anos de neutralidade.

Era a vontade do Presidente turco, apesar do coro de críticas internacional. Recep Tayyip Erdogan assinou o decreto imediatamente após a da decisão do Supremo Tribunal Administrativo da Turquia. A mais alta instância judicial abriu caminho à conversão deste símbolo de Istambul num local de culto.

Também conhecida como Catedral de Santa Sofia era vista como um símbolo do secularismo na Turquia. A conversão em mesquita foi proposta em petição por um grupo de nacionalistas conservadores e saudada nas ruas.

Chipre e Grécia já manifestaram publicamente a oposição a esta medida.

O ministro cipriota dos Negócios Estrangeiros acusa mesmo o governo de Erdogan de tentar distrair a população e pede para que Ancara respeite as obrigações internacionais.