Erdogan decreta conversão de Hagia Sophia em mesquita

A antiga Catedral de Constantinopla foi construída no século VI
A antiga Catedral de Constantinopla foi construída no século VI Direitos de autor Emrah Gurel/Associated Press
De  Teresa Bizarro com agências
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Catedral bizantina é património da Humanidade e era terreno neutro desde 1934

PUBLICIDADE

Começou por ser uma catedral bizantina, foi convertida em mesquita no tempo do Império Otomano e tornou-se depois um museu, património mundial da Humanidade da UNESCO.

Hagia Sophia voltou esta sexta-feira à condição de local de culto do Islão, numa decisão que reverte 86 anos de neutralidade.

Era a vontade do Presidente turco, apesar do coro de críticas internacional. Recep Tayyip Erdogan assinou o decreto imediatamente após a da decisão do Supremo Tribunal Administrativo da Turquia. A mais alta instância judicial abriu caminho à conversão deste símbolo de Istambul num local de culto.

Também conhecida como Catedral de Santa Sofia era vista como um símbolo do secularismo na Turquia. A conversão em mesquita foi proposta em petição por um grupo de nacionalistas conservadores e saudada nas ruas.

Chipre e Grécia já manifestaram publicamente a oposição a esta medida.

O ministro cipriota dos Negócios Estrangeiros acusa mesmo o governo de Erdogan de tentar distrair a população e pede para que Ancara respeite as obrigações internacionais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Visitantes aguardam por reabertura de Hagia Sophia

Críticas sobre reconversão de Hagia Sophia em mesquita

Gaza na memória dos muçulmanos por ocasião do Eid al-Fitr