Última hora
This content is not available in your region

Veneza faz 1º teste completo a sistema contra inundações

euronews_icons_loading
Veneza faz 1º teste completo a sistema contra inundações
Direitos de autor  Claudio Furlan/LaPresse
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades de Veneza realizaram, esta sexta-feira, o primeiro teste completo às 78 barreiras ou comportas móveis que fazem parte do sistema Mose. Um projeto milionário, alvo de críticas e protestos por parte dos ambientalistas, mas com o qual se espera evitar inundações.

Pela primeira vez na história a Lagoa de Veneza ficou, fisicamente, separada do Mar Adriático.

Uma obra iniciada em 2003 mas cuja conclusão está prevista para dezembro de 2021 após escândalos de corrupção e atrasos e que poderá custar mais de sete mil milhões de euros.

Um projeto que não agrada a todos. Enquanto as barreiras eram ativadas embarcações do movimento "No Mose" juntaram-se frente à Praça de São Marcos porque, defendem, esta é uma obra inútil. Os ambientalistas questionam a sua eficácia num contexto de alterações climáticas. Os barcos acabaram bloqueados por navios da Guarda Costeira.

O fenómeno chamado de "acqua alta", que ocorre entre o fim do outono e o início do inverno quando o Mar Adriático invade a lagoa, já provocou avultados estragos. Em novembro as águas subiram até 1,87 metros.