EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Presidenciais polacas sem claro vencedor

Presidenciais polacas sem claro vencedor
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Está tudo em aberto, sondagem à boca das urnas não permite saber quem venceu as presidenciais da Polónia

PUBLICIDADE

Tudo em aberto na segunda volta das presidenciais polacas. Uma sondagem à boca das urnas dá vantagem ao atual presidente, o conservador Andrzej Duda, com 50,4% dos votos mas dá 49,6% ao seu adversário, o presidente da câmara de Varsóvia, o pró-europeísta, RafalTrzaskowski. Tudo em aberto porque a diferença entre ambos está dentro da margem de erro que é de cerca de dois por cento.

Um escrutínio que mostra, claramente, as profundas divisões que a Polónia, país que faz parte da União Europeia, vive neste momento e é um teste ao governo do partido Lei e Justiça, que apoia o presidente e que conseguiu manter-se no poder graças a medidas populistas mas que tem desencantado uma parte da sociedade polaca com a aprovação de leis, apoiadas pelo chefe de Estado, que põem em causa, por exemplo, a independência da Justiça.

Duda prometeu lutar pela manutenção dos valores tradicionais. já o liberal Trzaskowski, o rosto da Plataforma Cívica, propunha restaurar as normas constitucionais e melhorar os laços com a União Europeia,

Pode ser crucial aqui o voto dos polacos no estrangeiro, uma participação como há muito não se via e que pode favorecer Trzaskowski

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Segunda volta das presidenciais acontece este domingo

Tudo em aberto nas presidenciais da Polónia

Presidenciais polacas podem trazer mudanças