EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

"Porta de Banksy" devolvida a França

"Porta de Banksy" devolvida a França
Direitos de autor Andrea Rosa/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Andrea Rosa/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Teresa Bizarro
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tinha sido roubada da sala de espetáculos Bataclan, em Paris, e foi encontrada numa quinta nos arredores de Roma

PUBLICIDADE

A "porta de Banksy" foi porta do Bataclan, em Paris, até ao ano passado. Em 2018, a figura de uma mulher de cabeça baixa e expressão de sofrimento apareceu pintada pelo célebre artista. Rapidamente se tornou um memorial às vítimas do atentado que naquela sala de espétaculos matou 90 pessoas em 2015.

A porta tinha sido roubada e foi há pouco tempo encontrada em Itália, numa quinta nos arredores de Roma.

"Esta porta testemunhou o atentado, o massacre. Foi também por esta porta, que era uma saída de emergência, que muitos conseguiram escapar. Graças a esta porta, muitas vidas foram salvas. Infelizmente, 90 pessoas morreram neste atentado," sublinhou Christian Masset, o Embaixador de França em Roma, na cerimónia que marcou a devolução da obra.

View this post on Instagram

. Fire door, Bataclan

A post shared by Banksy (@banksy) on

A "porta de Banksy" estar em exposição no Palácio Farnèse, sede da Embaixada de França em Itália, mas deconhece-se qual será o destino final da obra. Seis pessoas foram já detidas suspeitas de ligação ao roubo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais um Banksy vandalizado

"A Cicatriz de Belém" de Banksy

Inteligência artificial revela textos com quase 2000 anos