Última hora
This content is not available in your region

Twitter investiga ataque de piratas informáticos

euronews_icons_loading
Twitter investiga ataque de piratas informáticos
Direitos de autor  Rick Bowmer/Copyright 2018 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

A conta no Twitter de Joe Biden foi um dos inúmeros alvos de um ataque coordenado de piratas informáticos à rede social. O caso, que deixou, várias personalidades do mundo político, empresarial e até celebridades em sobressalto começou a ser investigado. De acordo com o website Vice, os hackers terão convencido um funcionário do Twitter a apoiá-los no ataque.

Na noite desta quarta-feira, os hackers serviram-se da conta do candidato democrata às presidenciais americanas para publicar uma mensagem de imensa generosidade.

Prometia o "retorno em dobro" a quem enviasse dinheiro a um endereço de bitcoin indicado na referida mensagem. Mas a bonificação só estaria disponível durante 30 minutos.

Como Joe Biden, também Barack Obama ou Elon Musk, CEO da Tesla, foram vítimas do ciberataque e apesar de o Twitter tentar apagar as mensagens, os piratas conseguiram emiti-las várias vezes das mesmas contas. Foi o que aconteceu também com a conta de Bill Gates, cofundador da Microsoft e um dos homens mais ricos do mundo, que aparentemente fazia uma proposta tentadora.

A mesma mensagem passou pelo perfil do fundador da Amazon, Jeff Bezos, do rapper Kanye West e de Kim Kardashian, bem como pelas contas de gigantes como a Apple ou a Uber.