Última hora
This content is not available in your region

Fotografar a pandemia

euronews_icons_loading
Fotografar a pandemia
Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

Durante oito semanas imagens de fotógrafos húngaros sobre a pandemia alimentaram uma exposição virtual, acessível no blogue do Centro Robert Capa.

Alguns fotógrafos ficaram em casa e criaram uma espécie de diário visual do confinamento, outros registaram na rua a mudança das condições de vida e da paisagem citadina.

Agora, as fotografias podem ser vistas ao vivo num dos espaços do centro em Budapeste.

Balázs Gáspár, curador da exposição, conta que segue ativamente o Instagram dos fotógrafos húngaros mais conhecidos e percebeu que quase todos reagiram ao tema da epidemia e da quarentena.

A exposição apresenta uma seleção de diferentes atitudes e pontos de vista criativos através das imagens publicadas no perfil público do Instagram de trinta e nove fotógrafos.

Judit Dombóvári, uma das fotógrafas representadas, explica que quis mostrar o que sentiu nos espaços públicos vazios de Budapeste. O medo de algo invisível e a incerteza.

A experiência radicalmente alterada do espaço e do tempo é evidente atrás e para além da janela. Na exposição há imagens de luvas e máscaras colocadas e deitadas fora; lugares desinfectados; espaços urbanos vazios e recantos redescobertos da casa; festividades e vida quotidiana.