EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Impasse nas negociações de acordo comercial pós-brexit

Impasse nas negociações de acordo comercial pós-brexit
Direitos de autor JUSTIN TALLIS/AFP or licensors
Direitos de autor JUSTIN TALLIS/AFP or licensors
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

David Frost e Michel Barnier não vislumbram conseguirem um acordo comercial pós-brexit no curto prazo. As áreas mais espinhosas são as das regras da concorrência e das Pescas.

PUBLICIDADE

O Reino Unido e a União Europeia estão de novo num impasse negocial para um acordo comercial pós-brexit. Depois de mais uma ronda de negociações, o negociador-chefe da UE, Michel Barnier, acusou Londres de não ter vontade em avançar, em especial em duas frentes: regras de concorrência justa e pescas.

"A União Europeia sempre insistiu que uma parceria com o Reino Unido tem de incluir regras robustas de igualdade concorrencial e um acordo justo nas Pescas. Isto significa simplesmente que com a sua recusa, em comprometer-se nestes pontos, Londres faz com que um acordo nesta altura seja pouco provável", explica Michel Barnier.

Barnier acrescentou que existe alguma preocupação porque a União Europeia não tem qualquer ideia sobre um eventual sistema britânico de controlo de subsidios.

Apesar de Boris Johnson ter demostrado alguma confiança em se encontrar um acordo até ao final do mês, o negociador britânico David Frost considera que as propostas do bloco europeu não correspondem à orientação do governo britânico e que existem divergências substanciais nas áreas mais difíceis: a das Pescas e das Regras de Concorrência.

Mas Frost demonstrou mais otimismo do que Barnier e acredita que poderão chegar a um acordo em setembro.

Frost e Barnier, deverão reunir-se informalmente em Londres na próxima semana e têm uma nova ronda negocial agendada para meados de Agosto em Bruxelas.

A fase de transição depois da saída formal do Reino Unido da UE, a 31 de Janeiro, negociada entre os dois lados, termina no final do ano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Incerteza paira sobre o sector da logísitca no Reino Unido

Condutores britânicos têm de circular na UE com a carta verde

Líderes da UE e Reino Unido tentarão desbloquear impasse