Última hora
This content is not available in your region

"800 Anos de História do Azulejo"

euronews_icons_loading
"800 Anos de História do Azulejo"
Direitos de autor  RTP
Tamanho do texto Aa Aa

O Museu Berardo de Estremoz abre este fim de semana com aquela que é considerada a maior coleção privada de azulejos de Portugal.

O Palácio dos Henriques acolhe a exposição 800 Anos de História do Azulejo, comissariada pelos especialistas José Meco e Alfonso Pleguezuelo.

Em mostra estão mais de 4500 exemplares de azulejaria datados desde o século XIII até ao século XXI.

" Começa precisamente com dois grandes núcleos de azulejaria, a espanhola e a portuguesa, e temos um pequeno núcleo de peças islâmicas dos séculos XIII e XIV, que dão precisamente o mote aos '800 anos de azulejaria'" conta álvaro Silva da Fundação de Arte Moderna e Contemporânea - Coleção Berardo.

Já o comissário José Meco acredita "que é uma das duas maiores coleções do mundo de azulejos"!

800 Anos de História do Azulejo no Museu Berardo de Estremoz, com entrada gratuita de 26 de julho a 30 de agosto.