Última hora
This content is not available in your region

Istambul: Hagia Sophia volta a ser mesquita

euronews_icons_loading
Istambul: Hagia Sophia volta a ser mesquita
Direitos de autor  Yasin Akgul/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez em quase um século, milhares de muçulmanos participaram nas orações de sexta-feira, na icónica Santa Sofia, de Istambul.

No início deste mês, as autoridades turcas reconverteram o edifício do século VI numa mesquita, depois de um tribunal ter decidido que a sua conversão em museu, em 1934, era ilegal.

Cerca de mil pessoas foram autorizadas a passar o controlo de segurança, enquanto muitas outras colocaram tapetes de oração no exterior do monumento.

As orações começaram no interior com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, a recitar o Alcorão, realizando um sonho da sua juventude de educação islâmica.

Erdogan afirmou: "Hagia Sophia regressou agora à sua essência. Era uma mesquita e é novamente uma mesquita. Se Deus quiser, continuará a servir todos os fiéis como uma mesquita. Além disso, será um legado cultural para toda a humanidade e um lugar onde pessoas de todas as fés podem vir e visitar".

O chefe da autoridade religiosa da Turquia, Ali Erbas, liderou a cerimónia e rezou para que nunca mais fosse negado aos muçulmanos o direito de ali orarem.

Os muçulmanos estão felizes com a decisão. Gulsan Kaya, residente em Istambul, diz: "É um momento de que podemos falar aos nossos netos, a todos. É um acontecimento, um passo em frente muito importante para nós e para o mundo. Levantei-me às seis da manhã para vir aqui. Estamos muito felizes por estarmos a viver isto. Os turcos estão a ser bem-sucedidos em tudo e nós também seremos bem-sucedidos nisto".

Também Adem Yilmaz, nã esconde a alegria: "Hoje houve aqui um grande júbilo. Não pode ser descrito, só podia ser experimentado, e fomos nós que aqui estivemos a fazer história. Quem me dera ter podido trazer os meus filhos para aqui, mas não foi possível, dado o estado das coisas aqui. Isto - Hagia Sophia - transformou-se num lugar onde todos os corações batem como um só".

Santa Sofia foi construída como catedral cristã no Império Bizantino, no século VI e convertida em mesquita após a conquista otomana de Constantinopla, em 1453.

A decisão de a transformar em mesquita, agora, foi alvo de criticas internacionais, porque, enquanto museu e Património da Unesco, era vista como um monumento ao património multirreligioso de Istambul.