Última hora
This content is not available in your region

Suíça celebra Dia Nacional com homenagem a "heróis" da pandemia

euronews_icons_loading
Suíça celebra Dia Nacional com homenagem a "heróis" da pandemia
Direitos de autor  Alexandra Wey/AP
Tamanho do texto Aa Aa

A 1 de agosto de 1291, três cantões - Uri, Schwyz e Unterwalden - formalizavam uma aliança histórica com a assinatura do Pacto Federal. Mais de sete séculos depois, o dia que assinala a constituição da Confederação Helvética foi celebrado com pouca gente, mas muito simbolismo.

Num discurso proferido durante a cerimónia, a presidente da Confederação, Simonetta Sommaruga, afirmou que "simbolicamente, toda a Suíça está representada aqui no prado de Rütli. Todos mostraram de forma impressionante nos últimos meses que a Suíça se mantém firme, que se mantém unida".

Entre os convidados, estiveram 54 "heróis", pessoas que, de alguma forma, ajudaram a país a ultrapassar a crise gerada pela pandemia de covid-19 e foram homenageadas pelo Estado.

As autoridades continuam, no entanto, a pedir mais solidariedade e vigilância, com uma segunda vaga de infeções em vista.