Última hora
This content is not available in your region

Morreu um dos "artífices" da Paz na Irlanda do Norte

euronews_icons_loading
Morreu um dos "artífices" da Paz na Irlanda do Norte
Direitos de autor  AP / Peter Morrison
Tamanho do texto Aa Aa

O antigo líder do Partido Trabalhista Social Democrático norte-irlandês foi um dos principais responsáveis pelo Acordo de Sexta-feira Santa que pôs fim a 30 anos de violência na Irlanda do Norte entre os paramilitares protestantes e o então Exército Republicano Irlandês.

Católico, politicamente moderado, o seu papel nas negociações de paz, que permitiram superar as divisões entre católicos e protestantes, valeram-lhe o Prémio Nobel de 1998 em conjunto com David Trimble, o então primeiro-ministro do governo da Irlanda do Norte e líder do Partido Unionista do Ulster.

Seis anos depois do acordo, em 2004, John Hume notava que o sentimento de insegurança nas ruas já não existia, mas que ainda havia muito trabalho a fazer ao nível político.

Acrescentava que o processo de cura no país só poderia acontecer depois de criadas as instituições e dos representantes de todas as fações começarem a trabalhar em conjunto.

John Hume tinha 83 anos. Morreu na madrugada desta segunda-feira após uma curta doença.