Última hora
This content is not available in your region

Canal da Mancha bate recorde de migrantes ilegais

euronews_icons_loading
Canal da Mancha bate recorde de migrantes ilegais
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Há cada vez mais migrantes a tentar passar o Canal da Mancha rumo ao Reino Unido. Esta quinta-feira, foi batido o recorde de chegadas, depois de pelo menos 235 pessoas, em pequenos barcos, terem alcançado a margem inglesa.

A viagem pode ser muito perigosa, mas, só este ano, foi feita por quase quatro mil migrantes.

Apesar dos esforços das autoridades francesas para intercetar as embarcações antes de entrarem em águas britânicas, o ministro das Escolas do Reino Unido, Nick Gibb, afirmou estar a trabalhar numa "solução utilizando os recursos marítimos" para que os migrantes possam "regressar de barco a França, tentando, em primeiro lugar, evitar que as pessoas deixem França".

Gibb disse ainda que França as pessoas que procuram asilo devem contentar-se com o facto de França ser um lugar seguro para procurar asilo".

A bordo dos pequenos barcos normalmente sobrelotados, vão por vezes crianças, ou até mulheres grávidas, como neste grupo, captado em imagens, esta quinta feira, enquanto esperava que os agentes fronteiriços britânicos o fossem buscar.

Par Roger Gough, líder de assembleia do condado de Kent, é essencial "uma redução no número de chegadas", uma vez que "nenhuma autoridade local pode lidar com ter de cuidar de 60, 70, 80 crianças mês após mês".

Durante o verão é esperada uma maior afluência de migrantes. O governo britânico pediu já ajuda militar para travar a entrada ilegal de pessoas no Reino Unido.