Última hora
This content is not available in your region

Hungria volta à ação na produção cinematográfica internacional

euronews_icons_loading
Hungria volta à ação na produção cinematográfica internacional
Direitos de autor  from Eutonews video
Tamanho do texto Aa Aa

É um dos primeiros países do mundo a voltar à ação. A produção internacional de filmes está de volta à Hungria, mas as medidas sanitárias têm agora o papel principal. As produções que chegam aos grandes estúdios de Budapeste estão a ajustar orçamentos em torno da Covid-19, para a cobertura de todos os custos.

Temos um coordenador COVID-19 e 3 ou 4 pessoas que ajudam este coordenador a fazer os testes de forma suave, flexível e muito rapidamente. Eles também organizam as operações de limpeza.
Ildikó Kemény
Produtora

A indústria cinematográfica é muito importante na Hungria. O governo do país apoia produções internacionais com mais de 30 milhões de euros por ano. E estas grandes produções internacionais dão trabalho a dezenas de milhares de pessoas.

Os estúdios internacionais e a indústria reconheceram os esforços que foram feitos com sucesso, e a Hungria é agora considerada um local seguro para fazer televisão e filmes.
Howard Ellis
Mid Atlantic Films

Medir a temperatura é algo imperativo para entrar nos locais das filmagens. Algumas pessoas são testadas diariamente, outras algumas vezes por semana.

Com estas medidas, os estúdios estão entre os locais mais seguros da Hungria, mas as consequências podem ser graves se alguém contrair a infeção.

Cada produção tem o seu próprio protocolo em relação ao novo coronavírus, mas há certas medidas transversais. Pessoas com resultado positivo devem ser isoladas, porque todos querem evitar qualquer interrupção nas filmagens.
Ádám Magyar
Budapeste