Última hora
This content is not available in your region

Termina o cerco policial depois de ataque armado num hotel na Somália

euronews_icons_loading
Termina o cerco policial depois de ataque armado num hotel na Somália
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

O cerco a um hotel na Somália terminou com, pelo menos, 15 mortos e dezenas de feridos. O Elite Hotel, na capital Mogadíscio, foi invadido por militantes armados do grupo islâmico Al-Shabab. O grupo, vinculado à Al Qaeda, diz pretender derrotar o governo somali e já assumiu a autoria do atentado.

Tudo começou com a explosão de um carro-bomba nas imediações do hotel e depois pelo menos três homens armados infiltraram-se no edifício.

As forças de segurança abateram os atacantes e resgataram dezenas de pessoas que estavam reféns dentro da instalação hoteleira, frequentada maioritariamente por jovens e pela classe alta do país.

A Somália é cenário frequente de atentados islâmicos. Este ataque ao hotel quebrou um período de relativa calma que durou apenas alguns meses.