Última hora
This content is not available in your region

Presidente interina da Bolívia abandona corrida eleitoral

euronews_icons_loading
Presidente interina da Bolívia abandona corrida eleitoral
Direitos de autor  أ ب
Tamanho do texto Aa Aa

A presidente interina da Bolívia anunciou que abandona a corrida para as presidenciais previstas para 18 de outubro.

Jeanine Áñez afirma que quer evitar dividir os votos de todos quantos se opõem ao regresso ao poder do Movimento para o Socialismo, o partido do antigo líder, Evo Morales.

A presidente interina não deu o seu apoio a nenhum dos restantes candidatos.

As sondagens sugerem que o antigo ministro da economia e candidato do Movimento para o Socialismo, Luis Arce, encabeça as preferências do eleitorado seguido do antigo presidente Carlos Mesa e do líder cívico Luis Fernando Camacho.

O antigo presidente, Evo Morales, abandonou a presidência no ano passado devido a alegações de fraude eleitoral.