Última hora
This content is not available in your region

O que dizem os resultados do referendo constitucional em Itália

euronews_icons_loading
O que dizem os resultados do referendo constitucional em Itália
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Vencedor do referendo constitucional sobre a redução de deputados e senadores, o Movimento antissistema 5 estrelas cumpriu uma promessa eleitoral e consolidou, em simultâneo, a posição na coligação que integra com os parceiros do Partido Democrata.

A vitória do "Sim", com mais de 69% dos votos, também traduz a aversão pública aos políticos profissionais, como explicou Giovanni Orsina, da Universidade de Luiss.

"Ao que parece o sentimento antipolítico continua a ser bastante forte em Itália. Na minha opinião, a razão porque os eleitores votaram a favor da redução de deputados e senadores deve-se ao facto de quererem ter menos políticos profissionais. Consideram a redução como uma espécie de fator moralizador sobre os políticos", referiu o também professor de Ciência Política.

Com a reforma, a Câmara dos Deputados emagrece, passando a contar com 400 deputados em vez de 630, já na próxima legislatura. Já os senadores serão 200 em vez dos atuais 315, estimando-se poupanças anuais de 50 milhões de euros.

Matteo Salvini perdeu a batalha, enfraquecido pelos resultados, e ganhou, aparentemente, o Governo.

Giorgia Orlandi, Euronews - O resultado reforça, sem sombra de dúvida, a coligação do Governo e deixa no ar a possibilidade do atual executivo chegar ileso às próximas eleições. O Governo fortaleceu a posição e conseguiu deter o avanço de centro-direita, em particular da Liga, de Matteo Salvini."