EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Cheias deixam ruas do Rio de Janeiro intransitáveis

Cheias no Rio de Janeiro
Cheias no Rio de Janeiro Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A população culpa as infraestruturas deficientes pela rapidez com que as vias ficam inundadas

PUBLICIDADE

Poucas horas chegaram para que várias ruas do Rio de Janeiro ficassem inundadas e intransitáveis. Pessoas com água pelos joelhos ou a usar o engenho possível para chegarem o mais secas possível a casa e carros semi-afundados. Era esse o panorama em muitas vias da cidade, na tarde de terça-feira, depois de, em apenas 24 horas, ter caído mais chuva do que a média histórica de todo o mês de setembro. A população culpa as infraestruturas deficientes: "Fizeram uma obra durante nove meses aqui, mas não concluíram. Choveu um pouco e está tudo alagado, não passa ninguém. É dinheiro público, dinheiro nosso que foi investido, comeram o dinheiro e ninguém fez nada", desabafa Fabiano Cunha, motorista.

As cheias obrigaram ao fecho de dezenas de vias na cidade, em particular nos bairros de Muzema, Vargem Grande e Jardim Maravilha. Nas favelas da Rocinha, da Formiga e do Sítio Pai João foi acionado o alerta para o risco de deslizamentos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cheias recorde em Manaus

Protestos em São Paulo contra novo projeto de lei sobre o aborto no Brasil

Hajj: peregrinação à cidade santa de Meca pelos muçulmanos