Última hora
This content is not available in your region

Exposição André Derain na Suíça

euronews_icons_loading
Exposição André Derain na Suíça
Direitos de autor  Misha Japaridze/AP
Tamanho do texto Aa Aa

É um nome maior do fauvismo, o movimento do início do século 20 que surgiu em contraponto ao impressionismo.

As obras do pintor francês André Derain eram, portanto, conhecidas pelo uso de cores fortes e contornos marcados. Um pioneiro que ombreou com Henri Matisse e Marc Chagall na definição de uma nova corrente.

O Museu de Arte de Mendrisio, na Suíça, dedica-lhe uma retrospetiva. O curador, Simone Soldini, fala-nos na ideia de haver "dois Derain: um avant-garde, do fauvismo, do cubismo, entre 1902 e 1910; e outro mais clássico, que regressa à tradição e aos museus".

Cerca de uma centena de obras para ver numa exposição patente até 31 de janeiro.