Última hora
This content is not available in your region

Crise migratória no México em documentário

euronews_icons_loading
Crise migratória no México em documentário
Direitos de autor  Moises Castillo/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A atual crise migratória no México é o tema de "Blood on the Wall" um documentário que nos traz um olhar sobre os migrantes que percorreram várias regiões da América Central até à fronteira com os EUA. Mas não só. A corrupção no México e noutros países desta América alimentam também esta problemática, como explica um dos dois realizadores do filme, Nick Quested:

"Não se pode separar a política para os estupefacientes e a corrupção institucionalizada no México das questões de migração, e não apenas no México: El Salvador, Honduras e Guatemala e os seus presidentes está provado que têm negócios muito duvidosos". Na génese do projeto estava uma tentativa para descobrir "as causas, as raízes da migração", não pretendiam apenas focar-se no problema atual, "no que está a acontecer na América ou na fronteira".

Um documentário que tem como objetivo humanizar a questão quando em terras do tio Sam se tentou tirar dela proveitos políticos. Nick Quested questiona se "os EUA são um país de inclusão onde se comemoram as diferenças entre as pessoas e onde dizemos que somos todos melhores porque somos diferentes? Ou é um país mono-cultural de nacionalistas etnocristãos brancos?" que resume a questão e com o filme quis celebrar-se as diferenças entre as pessoas.