Última hora
This content is not available in your region

Bares e restaurantes no centro do combate à covid-19

euronews_icons_loading
Bares e restaurantes no centro do combate à covid-19
Direitos de autor  AP Photo/Francisco Seco
Tamanho do texto Aa Aa

A partir desta quinta-feira, todos os bares e cafés em Bruxelas ficam fechados durante um mês.

As novas restrições anti-covid, deixam a capital belga à margem do resto do país, onde o governo limitou o contacto pessoal a um máximo de três pessoas e antecipou o encerramento dos bares para as 23 horas, a partir desta sexta-feira.

Escócia proíbe álcool e fecha restaurantes mais cedo

Também na Escócia, os bares e restaurantes vão ser alvo de restrições mais rigorosas. Pela primeira vez, o país ultrapassou as mil infeções num só dia.

Novas medidas sanitárias foram agora anunciadas pela primeira-ministra Nicola Sturgeon, que revelou que, nas próximas duas semanas, "pubs, bares, restaurantes e cafés vão poder funcionar, apenas dentro de portas, sob regras muito restritas" De acordo com a chefe do governo escocês, "durante o dia, das 6h00 às 18h00, apenas o serviço de comida e bebidas não alcoólicas" é permitido. "Os restaurantes de hotel vão poder funcionar além das 18h00, mas apenas para os hóspedes e sem álcool".

França bate recorde nacional de casos

Em França, o presidente Emmanuel Macron dirigiu-se à nação através do canal público de televisão para anunciar um novo recorde de casos de covid-19. Em 24 horas, o país registou 18.746 novas infeções por coronavírus.

Nas regiões mais afetadas, o chefe de Estado quer que sejam agravadas as medidas sanitárias em curso.

Em lugares onde há muitos contágios, especialmente onde há muitos contágios entre os idosos, e onde há cada vez mais camas ocupadas nas urgências, temos de aplicar mais restrições, como as que vimos nas Bocas do Ródano ou em Paris e nos subúrbios mais próximos
Emmanuel Macron
Presidente da república de França

Até ao momento, Paris e Marselha são as únicas regiões francesas em alerta máximo.

Itália torna uso de máscara obrigatório

Itália aprovou esta quarta-feira um decreto que torna obrigatório o uso de máscara tanto no exterior, como no interior. O estado de emergência foi prolongado até 31 de janeiro, depois de o país registar mais de 3.600 casos em 24 horas.

Chéquia com o maior número de casos da UE

A República Checa ultrapassou Espanha e apresentou os piores resultados da União Europeia, com o maior número de casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias,

O Governo checo instaurou o estado de emergência para limitar as reuniões públicas, restringir o número de pessoas nos bares e fechar algumas escolas.