Última hora
This content is not available in your region

Ministros aceitam criar maior coordenação nas viagens na UE

euronews_icons_loading
Ministros aceitam criar maior coordenação nas viagens na UE
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O conselho de Assuntos Gerais da União Europeia aprovou, na terça-feira, uma série de recomendações para coordenar as restrições de viagens entre os Estados-membros por causa da pandemia de Covid-19. O objetivo é dar mais previsibilidade aos cidadãos e às empresas.

"É um passo na direção certa. Chega um pouco tarde e é um plano menos ambicioso do que aquilo que pelo menos alguns de nós gostariam. Mas é, certamente, um passo na direção certa porque estava em falta maior coordenação", disse Harry Theoharis, ministro do Turismo da Grécia.

Semanalmente, os Estados-membros terão que fornecer dados ao Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças. Um mapa com sistema de cores será atualizado com base em critérios comuns aos 27 países. O tipo e volumes de testes também devem ser mais uniformes.

Turismo saúde medida

“É um primeiro passo positivo para reativar o turismo. Para retomar a atividade no setor esta pode ser uma decisão muito importante. Estamos satisfeitos por saber que poderá haver aumento de ligações, um maior número de voos. É preciso ter maior abertura e prontidão nas respostas para o setor do turismo, promovendo a abertura para outras regiões e outros países", reagiu Zurab Pololikashvili, secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT).

No entanto, esta é apenas uma recomendação. Cabe aos governos decidirem sobre a sua implementação. Os próximos dois anos serão cruciais para a sobrevivência do setor, alerta a OMT.