EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Em Portugal o número de recuperados superou o de novos casos

Em Portugal o número de recuperados superou o de novos casos
Direitos de autor Luca Bruno/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Luca Bruno/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Nara Madeira com AP, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Número de recuperados supera o número de casos confirmados em Portugal. Na Alemanha, Itália e Reino Unido aumentam as restrições.

PUBLICIDADE

Em Portugal o número de casos ativos de infeção diminuiu, pela primeira vez, desde agosto. Há, atualmente, e de acordo com dados oficiais, 39.625 casos, menos 71 que na segunda-feira. A última vez que tinha havido uma redução de casos ativos em Portugal, e segundo a Direção-Geral da Saúde, tinha sido a 15 de agosto.

O boletim epidemiológico apresentado esta terça-feira dá ainda conta de que o número de pessoas recuperadas supera o de confirmados: 1.932 contra e 1.876.

*Alemanha*

A Alemanha, que durante a primeira vaga de Covid-19 conseguiu controlar os casos de Covid-19 começa agora o ver o número a aumentar rapidamente a propagação do novo coronavírus, em algumas regiões.

É por isso que desde esta terça-feira os habitantes de Berchtesgaden só podem sair de casa para motivos como trabalhar, ir ao médico ou fazer compras. As escolas estão encerradas nas próximas duas semanas, bares e restaurantes só podem vender comida para fora.

*Itália*

Em Itália, duas regiões - Lombardia e Campânia - vão impor um recolher obrigatório das 23h00 às 05h00, na primeira já a partir de quinta-feira e na outra na sexta-feira. No caso da Lombardia durante três semanas.

Francesco Bini, Chefe do Serviço de Pneumologia do hospital de Garbagnate, afirma que "o__s vírus respiratórios não têm pernas. São as pessoas que os propagam. A Lombardia é uma região muito dinâmica, muito ativa, com uma grande concentração de população nas cidades. Pessoas que fazem muita coisa, veem muita gente, trabalhar e reunir-se com outras pessoas facilita a propagação do vírus".

*Reino Unido*

Em Manchester as negociações entre a autarquia e Boris Johnson falharam, por isso, o primeiro-ministro britânico decidiu que esta área metropolitana passa ao nível 03 de alerta a partir de sexta-feira, ou seja, as restrições serão mais severas.

Numa comunicação ao país o chefe do executivo britânico explicou que "os bares fecham, a menos que sirvam refeições substanciais. Os agregados familiares não podem reunir-se em casa nem na maioria dos espaços ao ar livre. Em alguns espaços públicos exteriores os grupos devem limitar-se a seis pessoas e desaconselham-se viagens dentro e fora da área".

*Espanha*

Espanha está perto de chegar a milhão de casos de infeção pelo novo coronavírus e o governo de Pedro Sánchez não descarta a possibilidade de voltar ao estado de emergência para implementar o recolher obrigatório.

Por enquanto o confinamento está a ser gerido localmente e vai sendo implementado nas regiões mais afetadas pela pandemia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França e Dinamarca batem recorde de infeções de Covid-19

Novas restrições no leste da europa

Espanha: Sánchez quer que a comunidade internacional "exerça mais pressão" sobre Israel