Última hora
This content is not available in your region

"Eta" devasta Honduras

euronews_icons_loading
Milhares de desalojados
Milhares de desalojados   -   Direitos de autor  .
Tamanho do texto Aa Aa

O Furacão Eta perdeu força e transformou-se numa tempestade tropical.

Para trás deixa um rastro de destruição e morte.

As Honduras, na América Central, foi o país mais atingido. De acordo com as autoridades locais, há registo de duas mortes confirmadas, de uma menina de 13 anos e de um rapaz de 15, numa aldeia na região de Cortés, no leste das Honduras.

Mais de três mil pessoas tiveram de ser retiradas de suas casas devido às rajadas de vento, fortes chuvas e inundações.

Este jovem é um dos desalojados e conta que as casas ficaram inundadas e não conseguiram tirar nada. As pessoas perderam tudo. Diz, ainda, que se conseguiu retirar muitas famílias, mas estima que muitas pessoas terão morrido afogadas, incluindo muitas crianças. Muitas pessoas estão dadas como desaparecidas.

Com parte do país afetado, com milhares de hectares de culturas agrícolas devastados, o Governo diz ser incapaz de fazer face às perdas e pediu ao Banco Interamericano de Desenvolvimento para desembolsar os cerca de 30 milhões de euros do Fundo Verde para o Clima aprovado para o país, em dezembro de 2019.