Última hora
This content is not available in your region

Joe Biden eleito Presidente dos EUA

euronews_icons_loading
Joe Biden eleito Presidente dos EUA
Direitos de autor  Eric Gay/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Não se trata da festa de ano novo em Times Square mas sim os festejos pela vitória de Joe Biden nas eleições norte-americanas. A alegria democrata sentiu-se um pouco por todo o país inclusive em frente à Casa Branca, que Donald Trump deixou para ir jogar golfe, assim que os grandes meios de comunicação social projetaram a vitória de Biden na Pensilvânia.

O candidato democrata reagiu pela primeira vez no Twitter a uma eleição histórica da qual Kamala Harris também faz parte, pois vai ser a primeira mulher vice-presidente e também negra.

Mas os votos ainda têm que ser certificados e os dados terão que passar pelo escrutínio da justiça, já que a equipa de Trump avança para os tribunais.

"É a primeira parte de uma situação que é extremamente, extremamente perturbadora. Primeiro que tudo, para o Estado da comunidade da Pensilvânia e depois para outros Estados. Estas queixas vão dar entrada na segunda-feira", declarou Rudy Giulinani.

Para Donald Trump, resta esperar pelo resultado da contestação judicial e ignorar as mensagens de felicitação de todo o mundo para o agora Presidente eleito Joe Biden, que conseguiu o número mágico de 273 grandes eleitores, de um mínimo de 270 para assegurar a presidência, depois de vencer na Pensilvânia, com uma grande ajuda dos votos por correspondência.

Trump tornou-se no 11.º Presidente dos EUA a não conseguir ser reeleito para um segundo mandato.