EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

"Festa das luzes" atrai milhares de pessoas na Índia

"Festa das luzes" atrai milhares de pessoas na Índia
Direitos de autor Rajeev Bhatt / AP
Direitos de autor Rajeev Bhatt / AP
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Apesar do contexto pandémico, a afluência foi grande, o que motivou críticas.

PUBLICIDADE

A cidade de Ayodhya, no norte da Índia, bateu um recorde do Guinness pelo segundo ano consecutivo, ao acender mais de 606 mil lanternas por ocasião do Diwali, a festa das luzes, na tradição hindu. Apesar da beleza do espetáculo, há vozes críticas contra a organização da festa deste ano e da imprudência de atrair milhares de visitantes numa altura em que a Índia, como o resto do planeta, está afetada pela Covid-19, que já matou mais de 130 mil pessoas no país.

O Diwali é festejado em toda a Índia, com celebrações também em cidades como Gandhinagar ou a capital, Nova Deli.

Este ano, até saiu das fronteiras do país e foi festejado a milhares de quilómetros. A fachada da galeria Tate Modern, em Londres, foi transformada para a ocasião pela artista Chila Kumari Singh Burman, com uma instalação feita à base de luzes de néon.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Festival do estrume marca fim do Diwali na Índia

População da China diminui pelo segundo ano consecutivo

Ano Novo: Contagem decrescente termina na América