Última hora
This content is not available in your region

Fim de semana de protestos na Europa

euronews_icons_loading
Fim de semana de protestos na Europa
Direitos de autor  Fabian Sommer/(c) Copyright 2020, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
Tamanho do texto Aa Aa

Várias marchas e protestos tiveram lugar este fim-de-semana na Europa.

É o caso de Berlim onde este domingo centenas de manifestantes anti-vacinação participaram numa marcha silenciosa ao mesmo tempo que uma contra-manifestação teve lugar ao longo da mesma rota mas desta feita levada a cabo por manifestantes pró-vacinação que bateram em panelas e tachos.

Em Lisboa, profissionais do espetáculo manifestaram-se no sábado na Praça do Campo Pequeno em Lisboa denunciando situações de fome e miséria assim como a morte lenta do setor da cultura em Portugal.

"As linhas de crédito anunciadas pelo governo não são grande ajuda. Quando ocorre uma tragédia nas pescas, agricultura, banca e mesmo na banca privada, ou na TAP, o governo resgata-os, por isso também têm que atuar na cultura", exige Sandra farinha, da direção da Associação de Promotores de Espetáculos, Festivais e Eventos (APEFE).

Centenas de católicos sairam à rua este domingo na cidade francesa de Bordéus para exigirem o regresso à celebração da Missa.

"Vamos continuar a reivindicar até conseguirmos. Isto não é algo espontâneo que aconteceu este domingo. É um movimento de todos os católicos de Bordéus e também de França como se viu, que querem assistir à missa e receber a eucaristia de novo", afirma Elisabeth Blanchet, co-organizadora da manifestação de Bordéus e membro do "Coletivo para a Missa Bordéus".

Protestos idênticos tiveram lugar em outras localidades francesas incluindo na capital, Paris.