Última hora
This content is not available in your region

Escócia aprova acesso gratuíto a pensos e tampões

euronews_icons_loading
Tampão higiénico Tampliner da B-corp Callaly
Tampão higiénico Tampliner da B-corp Callaly   -   Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

A Escócia tornou-se no primeiro país do mundo a garantir às mulheres o acesso gratuito permanente a produtos de higiene feminina. A medida foi aprovada por unanimidade no parlamento escocês e concede o direito legal ao acesso aos produtos nos edifícios públicos.

A batalha foi liderada por Monica Lennon, do Partido Trabalhista Escocês. "Os períodos são uma coisa natural que faz parte da vida mas pode ser bastante dispendioso. Durante a campanha nos últimos quatro anos deparamo-nos com miúdas que não conseguiam comprar os produtos ou tinham vergonha de pedir a membros da família para comprar pensos ou tampões e isso pode ser uma experiência stressante, em particular para as pessoas mais jovens", declarou à Euronews.

A menstruação dura em média cinco dias e a compra de pensos e tampões pode custar cerca de 10 euros por mês, um custo elevado para algumas mulheres, especialmente jovens.

O impacto na escolaridade é também um dos pontos em que a lei pretende atuar. De acordo com um estudo, quase metade das jovens analisadas pela pesquisa faltaram às aulas por causa do período.