Opositor russo Alexei Navalny envenenado com Novichok

Opositor russo Alexei Navalny envenenado com Novichok
Direitos de autor Alexander Zemlianichenko/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Análises confirmam presença do produto químico tóxico da era soviética.

PUBLICIDADE

A Rússia viu-se novamente sob pressão nesta segunda-feira, durante a reunião anual da Organização para a Proibição de Armas Químicas, relativamente ao caso do envenenamento do líder da oposição do país, Alexei Navalny.

Navalny adoeceu a 20 de agosto durante um voo doméstico na Rússia e foi transportado para a Alemanha para receber tratamento dois dias depois. A oposição russa acusou o Kremlin de tentar envenenar o seu rival mais feroz.

Testes realizados por laboratórios da Alemanha, França e Suécia e pela Organização para a Proibição de Armas Químicas apuraram que Alexei Navalny foi exposto a Novichok - um agente nervoso da era soviética.

Os resultados das análises confirmaram que foi encontrado um produto químico tóxico da família do Novichok. De acordo com a convenção, o envenenamento de um indivíduo recorrendo a um agente nervoso é considerado uso de arma química.
Fernando Arias
Diretor OPAQ

As autoridades russas negam envolvimento no envenenamento de Alexei Navalny e alegam uma campanha de desinformação em massa contra a Rússia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin manda prender opositor russo Andrei Pivovarov

Navalny descobre como foi envenenado depois de ligar a agente russo

Avdiivka, cidade fantasma na região de Donetsk