Detido por atentado há 38 anos

Rue des Rosiers, 9 de agosto de 1982
Rue des Rosiers, 9 de agosto de 1982 Direitos de autor JACQUES DEMARTHON/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Noruega extraditou Abu Zayed para França, sob acusações de homicídio num ataque antissemita em 1982.

PUBLICIDADE

Ao fim de 38 anos, foi detido um dos alegados assassinos de um ataque antissemita em Paris. Abu Zayed vivia na Noruega, onde se naturalizou. Oslo decidiu finalmente aceder ao pedido de extradição de França, lançado há já cinco anos.

Em causa está o atentado na Rue des Rosiers, no centro da capital francesa, ao "Jo Goldenberg", um restaurante detido por judeus. O ataque à granada e o tiroteio deixaram seis mortos e 22 feridos.

Segundo Guillaume Denoix de Saint Marc, diretor da Associação Francesa de Vítimas do Terrorismo, trata-se de "um dossiê ainda bem presente" para cerca de "duas dezenas de vítimas e familiares".

A justiça francesa emitiu outros mandados internacionais de captura para dois homens na Jordânia e um terceiro na Cisjordânia. 

O ataque foi na altura atribuído ao grupo de Abou Nidal, dissidente da Organização para a Libertação da Palestina.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Local da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos pode mudar

Segurança nos estádios de futebol é reforçada após ameaça do Estado Islâmico

Países europeus sobem nível de alerta de terrorismo após ataque em Moscovo