EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Nobel da Paz alerta para "pandemia de fome"

Nobel da Paz alerta para "pandemia de fome"
Direitos de autor Nariman El-Mofty/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Nariman El-Mofty/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews com Lusa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Diretor do Programa Alimentar Mundial recebeu o prémio em Roma

PUBLICIDADE

Na cerimónia possível por causa da pandemia, transmitida na internet desde Oslo e Roma, o diretor executivo do Programa Alimentar Mundial recebeu o Prémio Nobel da Paz.

“Devido a muitas guerras, mudanças climáticas, ao uso generalizado da fome como arma política e militar - e a uma pandemia global que está a tornar tudo exponencialmente pior - 270 milhões de pessoas encaminham-se para a fome”, alertou David Beasley.

“Não atender às suas necessidades causará uma pandemia de fome que obscurecerá o impacto da covid-19”, defendeu, em declarações transmitidas a partir da sede da agência da ONU, em Roma.

“Este Prémio Nobel da Paz é mais do que um agradecimento, é um apelo à ação”, disse Beasley, sublinhando que “a fome está às portas da humanidade” e “a comida é o caminho para a paz”.

Nas últimas semanas, o Programa Alimentar Mundial (PAM) expressou preocupação com o risco de fome no Burkina Faso, no Sudão do Sul, no nordeste da Nigéria e no Iémen.

Neste país, a desnutrição, já em níveis recorde, deverá piorar ainda mais devido à pandemia e à falta de fundos.

A maior organização humanitária do mundo na luta contra a fome, o Programa Alimentar Mundial (PAM), fundada em 1961, alimentou, no ano passado, cerca de 97 milhões de pessoas em todos os continentes.

Ao conceder-lhe o Prémio Nobel da Paz, em 09 de outubro, o Comité do Nobel elogiou a sua luta contra essa “arma de guerra” que afeta principalmente os civis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nobel da Economia para especialistas na "teoria dos leilões"

Prémio Nobel da Paz para o Programa Alimentar Mundial

Nobel da Literatura 2020 para escritora norte-americana